FRASES DO DIA

quarta-feira, 3 de maio de 2017

O PROFISSIONAL EM SECRETARIADO E O CÓDIGO DE ÉTICA: UMA RELAÇÃO NECESSÁRIA




O processo de globalização e as mudanças decorrentes dele fizeram com que o mercado se tornasse ainda mais exigentes. Entretanto, a ética nunca deixou de serem essenciais, por ser um instrumento que filtra as nossas ações tornando-as socialmente responsáveis. A profissão surgiu no Egito antigo, com os escribas.

No período da revolução industrial (séc. XVIII) com o crescimento maquinário nas indústrias, surge a necessidade da assessoria administrativa, consolidando o papel de secretário somente por homens.

Somente com a segunda guerra mundial, devido a escassez de mão de obra masculina, começam a surgir mulheres exercendo a profissão de secretária. Para BOFF (2003), ética é parte da filosofia que  considera concepções acerca da vida, do universo, do ser humano e de seu destino, define princípios e valores que orientam pessoas e sociedades.

Atualmente as concepções de ética mudaram extremamente, e para a entendermos é preciso diferenciá-la da moral e do direito HIPÓTESES Segundo RIBEIRO (2009) em seu artigo ÉTICA PROFISSIONAL, a ausência de ética significa não respeitar os outros e ter atitudes individualistas. PROBLEMA DE PESQUISA - Qual a importância da ética para o profissional em secretariado? OBJETIVOS GERAL: Refletir e analisar a importância da ética na vida profissional da(o) secretária(o) atual. OBJETIVOS ESPECÍFICOS - Observar a importância da separação entre assuntos profissionais e pessoais e como tratá-los dentro de uma organização no papel de secretária(o);

- Averiguar a importância do sigilo como um comportamento ético;

- Analisar os pontos positivos e negativos do dia a dia de uma(um) secretária(o) frente às situações corriqueiras de seu trabalho;

- Estudar a ética no ambiente de trabalho desse profissional em secretariado;

- Verificar a existência e a preocupação com a ética por parte da(o) secretária(o);

- Analisar a postura do profissional em secretariado mediante situações consideradas antiéticas em seu trabalho.

Com o crescimento desenfreado do mundo globalizado, muitas vezes, o profissional é submetido a pressões na organização, tendo em vista o aumento de produção. Esta vida dinâmica e competitiva gera um sentimento de individualismo, podendo levar a ações antiéticas em busca do almejado sucesso profissional. JUSTIFICATIVA De acordo com MATOS (2008) ética e verdade são a essência da consciência humana. Ninguém lhes pode ser indiferente.

Antigamente a profissão de secretariado era tida apenas como função, porém hoje é uma profissão comprometida com resultados. (NEIVA e D'ELIA, 2009).

Ética, portanto, faz parte do perfil profissional que as empresas e os países do mundo precisam para se tornarem grandes potências no mercado competitivo. METODOLOGIA Pesquisa de abordagem eminentemente qualitativa, de caráter exploratório, desenvolvida por meio de pesquisas bibliográficas. 

ÉTICA A ÉTICA: ALGUMAS REFLEXÕES Moral Segundo BOFF (2003) a moral  refere-se a prática da vida real. DIREITO O direito só deve cuidar da ação humana depois de exteriorizada. (REALE, 1973) ÉTICA Ética é teórica e reflexiva. Ela segue convicções e princípios. "A ética é daquelas coisas que todo mundo sabe o que são, mas que não são fáceis de explicar, quando alguém pergunta". (VALLS, 1993, p7) Segundo REALE (1973) nenhuma sociedade poderia subsistir sem um mínimo de ordem, de direção e solidariedade.

"É impossível pensar em ética se não pensarmos em convivência. A ética é o que marca a fronteira da nossa convivência, seja com outras pessoas ou no ambiente de trabalho" (CORTELLA, 2011) A ética profissional estuda e regulariza o relacionamento do profissional com sua clientela, visando dignidade humana e construção do bem estar no contexto sócio cultural onde exerce sua profissão. A IMPORTÂNCIA DA ÉTICA - Discrição;

- Confiança de informações;

- Cobrança de qualificação e experiência;

- Convívio direto com gestores;

- Sigilo

- Representação da alta administração

- Exemplo para os demais níveis hierárquicos da organização. A profissão de Secretariado: Um pouco de história No Brasil isto só ocorre apartir da década de 50, com a chegada das indústrias multinacionais no país. Em 30 de Setembro de 1985 foi aprovada a Lei 7.377 que regulamentou a profissão de secretariado. Art. 2º. Para efeitos desta Lei, é considerado:

Secretário Executivo a) o profissional diplomado no Brasil por curso superior de Secretariado, reconhecido na forma de Lei, ou diplomado no exterior por curso de Secretariado, cujo diploma seja revalidado no Brasil, na forma da Lei.

O portador de qualquer diploma de nível superior, que, na data de vigência desta Lei, houver comprovado, através de declarações de empregadores, o exercício efetivo, durante pelo menos trinta e seis meses, das atribuições mencionadas no Art. 4º. desta Lei. A (O) SECRETÁRIA (O) E O CÓDIGO DE ÉTICA: UMA RELAÇÃO NECESSÁRIA O código de ética do profissional em secretariado publicado em diário oficial da união em 07 de julho de 1989 define os princípios fundamentais da ética como o conjunto de regras contendo direitos e deveres nos quais o profissional deve pautar suas ações. “No cenário empresarial, duas grandes multinacionais, Enron e Worldcom, faliram em decorrência de atitudes antiéticas. Muitas organizações passaram, então, a rever seus padrões de conduta interna, normas, princípios e a manter uma postura transparente e honesta de negócios, atuando como uma organização cidadã. Esse comportamento ético influi tanto na percepção dos consumidores como do próprio mercado que passam a vê-la como uma empresa responsável que cumpre suas responsabilidades sociais e se preocupa com o bem estar comum” RIBEIRO (2009). O CRESCIMENTO E DESEMPENHO DO PROFISSIONAL EM SECRETARIADO A LUZ DO CÓDIGO DE ÉTICA “Ética, hoje, é valor agregado, cobrança de mercado, exigência de qualidade, garantia de produto e serviço, sobrevivência e possibilidade de futuro das empresas. Portanto não estamos tratando sobre algo “virtual”, mas sobre tema de cotidiana análise crítica por mentes exigentes e numerosas em todo o planeta.” (SABINO e ROCHA, 2004, p.39). CONSIDERAÇÕES FINAIS Para agir eticamente no ambiente de trabalho não basta apenas conhecer o código de ética, é preciso entender o que significa ser ético e qual a importância desses valores.

Conforme afirma SABINO e ROCHA (2004), o comportamento ético do profissional em secretariado edifica-se por meio da conjunção de fatores, partindo pelo conhecimento dos regulamentos da empresa.

A ética, portanto, é a luz que deve guiar nossos passos e nossas ações, evitando que nossos interesses particulares comprometam a garantia de um sucesso digno e reconhecido no mercado de trabalho. Essa relação entre a (o) secretária (o) e a ética certamente conduzirá ao tão almejado sucesso profissional.

ÉTICA, UM DEGRAU PARA O SUCESSO, PRATIQUE! fim.


Por ALINE GONÇALVES RODRIGUES