FRASES DO DIA

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

ERREI! E AGORA?





Uma vez cometi um erro na organização de uma viagem para meu executivo.


Ao reservar um trecho, o tempo entre um voo e o outro não foi suficiente, e ele perdeu a conexão. Foi falta de cuidado da minha parte. Um erro primário para uma assistente executiva com tantos anos de profissão.

Meu chefe me chamou, e fez uma grande “explanação” sobre os cuidados que eu deveria ter quando planejasse uma viagem. Como se eu não soubesse… Mas, naquele momento, eu realmente estava errada.

Fiquei quieta, ouvindo toda a bronca. Até tentei me defender, mas não tinha muito o que dizer.

Ele me disse a seguinte frase: “Sandra, quando você cometer um erro, não tente se justificar, apenas assuma, e tentaremos resolver da melhor forma”.

Aquele nó na garganta me incomodou durante o dia inteiro. Mal consegui seguir minha rotina.

Essa é uma sensação horrível. Quem já passou por isso sabe.


Mas erros acontecem.

Uma colega de trabalho, assessora executiva do presidente de uma grande empresa nacional, uma vez me contou que agendou dois compromissos no mesmo horário para seu gestor. Os dois visitantes chegaram no mesmo horário, foi uma saia justa. Quando percebeu o erro, ela prontamente foi até seu gestor, explicou a situação, e ambos resolveram juntos o empasse. Dividiram o tempo destinado aos dois compromissos. Uma reunião de duas horas se tornou duas reuniões de uma hora. Um dos visitantes teve que esperar um pouco mais para ser atendido. Enquanto esperava, a assessora fez um site tour com ele, e tudo foi resolvido.

O resultado foi um ponto positivo pela sua atitude franca e profissional junto ao gestor.

Todos nós erramos no trabalho. Ninguém consegue acertar o tempo todo.

Se você não tem errado ultimamente, ou não está trabalhando muito, ou está sendo um zero à esquerda dentro da sua empresa. 

Só não erra quem não faz. Faz parte do nosso crescimento profissional. 

Pessoas que não tem fracassos também não têm vitórias.


O ponto é: como você reage diante dos seus próprios erros.

Antes de qualquer coisa, aprender com o erro é fundamental. Pode não ser de tudo ruim. Sempre se aprende algo com uma situação negativa. O importante é estar disposto a recomeçar. Se não assimilar a experiência, e voltar a errar da mesma forma, então sim haverá um problema.

Admitir que errou é um passo importante. Não tente encobrir e fingir que não aconteceu, procurando desculpas. Sem drama. Apenas assuma!

Algumas dicas:

  • Não fique adiando uma conversa franca com seu gestor. Seja honesto. Melhor ouvir de você do que de outra pessoa. Importante já levar um plano de solução, e mostrar seu interesse em corrigir o erro.
  • Ganhar experiência, e não ficar remoendo o que aconteceu. Identifique os pontos negativos, e siga em frente.
  • Jamais, digo jamais jogue a culpa em outra pessoa. Você perderá a credibilidade, o respeito, e manchará para sempre sua reputação profissional.
  • Ter serenidade e maturidade, e não demonstrar “culpa exagerada”. Mantenha sua postura.
  • Seja responsável, assuma seu erro. Agir rapidamente, assumir o ato e procurar resolver de forma rápida e eficaz pode evitar consequências piores.
  • Mostre-se pró-ativo. Corra atrás do prejuízo. Comunique todos os envolvidos na situação, mas não seja muito detalhista. Explique de forma geral, e tente tranquilamente informar que as devidas providências estão sendo tomadas.
  • Veja o lado bom da situação. Analise seus aprendizados, suas ações, e onde pode melhorar.


É natural errar, ainda mais em um ambiente de trabalho.

Mas cuidado: errar é sinônimo de retrabalho, perda de tempo e dinheiro.

Os empregadores e clientes são exigentes. Equipes e colegas de trabalho também.


Não é falsa aquela velha máxima: SEMPRE SE LEMBRAM DE NÓS PELOS ERROS E NÃO PELOS ACERTOS.

Tenha sempre muita cautela!



https://followupsec.wordpress.com/2015/02/10/errei-e-agora/