FRASES DO DIA

quinta-feira, 17 de abril de 2014

ÉTICA: A FORÇA DA LINGUAGEM NAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS


O ser humano por meios sociais convive com outros seres em diversos ambientes – esse processo são as relações interpessoais, através da comunicação verbal ou não verbal. Os relacionamentos interpessoais são os responsáveis pela evolução social, educacional, profissional. É através da linguagem que expressamos os pensamentos, sentimentos que refletem os comportamentos que dão razão para existência humana.

O uso das palavras no cotidiano se relaciona diretamente com a ética, além disso, elas são responsáveis pela boa convivência das pessoas nos diversos ambientes em que convivem. O silêncio acompanhado de um olhar tem grande significado para as pessoas nos diversos âmbitos da vida, sejam eles pessoais ou profissionais.

A ética corresponde a códigos de conduta, considerados legítimos para a sociedade que buscam zelar pelo bem estar. A ética é baseada em valores, tais como, ser educado, compreensivo, responsável, empático para alcançar uma vida pessoal confortável com harmonia, prazer, sabedoria, segurança, amizade e uma vida profissional feliz com equilíbrio, justiça e igualdade. Os valores e as crenças estão presentes em todas as relações interpessoais, principalmente, em conflitos, mas é só lembrar que um gesto de amor pode transformar um distúrbio em paz, uma mentira em verdade como agentes de transformação nos momentos de crise.

A palavra falada é o meio para os relacionamentos interpessoais onde o tom da voz, bem como da nossa expressão não verbal podem ser interpretadas de forma errada e ferir, magoar o outro, por isso, a responsabilidade e a vigilância no uso da linguagem deve ser um processo de melhoria contínua.

O uso da palavra escrita em qualquer veículo midiático pode criar conceitos e consciência na sociedade, essas publicações se tornam muitas vezes ações das relações interpessoais entre grupos. Investir em conhecimento, por meio, da formação continuada traz para o mundo uma educação mais eficaz nas relações interpessoais, tornando-as mais humanas.

Todo e qualquer distúrbio que a linguagem exprima é considerado um problema de ética, pois estamos fazendo o que queremos sem observar o que podemos fazer, provocando muitas vezes, angustia, ansiedade e tristeza nas relações em que somos agente.

Ser ético significa preservar o direito do próximo em suas crenças e valores, mesmo que sejam divergentes do que acreditamos. O principio da ética também se aplica a relações humanas dentro das organizações, expressões de valores positivos em um ambiente profissional provoca ternura, compaixão, perdão e esses sentimentos não devem ser reprimidos em nome da razão nos cenários corporativos, uma vez que a ética zela pelo bem comum e são necessários para a evolução do homem, tanto moral quanto social e profissional.

Essas qualidades devem estar na conduta do homem, para que assim, ele haja com atitudes íntegras e conscientes que são os principais requisitos para a formação ética da sociedade.

Atitude ética nas relações interpessoais é um bem valioso nos direitos humanos, visando um mundo melhor. Cabe a cada um a consciência em viver baseado na conduta ética. Precisamos incorporar a ética nas organizações em qualquer tempo e ambiente.

A ética e o relacionamento interpessoal nas organizações se resumem na vivência restrita de valores, voltados para a felicidade e o bem-estar da coletividade e que têm o ser humano como à maior riqueza transformadora da sociedade.

Autor: Nancy Assad