FRASES DO DIA

segunda-feira, 1 de junho de 2015

FEEDBACK É ESSENCIAL NA ROTINA DE UM BOM LÍDER





É fato que todas as equipes necessitam de um líder, uma pessoa que motive, saiba estimular bons resultados e a encorajar novos posicionamentos. No entanto, para exercer uma boa liderança há um aspecto fundamental, que é saber dar feedbacks aos seus colaboradores.

De acordo com André Silva, palestrante e consultor de motivação e vendas, muitos profissionais desejam ter um retorno, seja positivo ou negativo, do seu líder. “Essa é uma das principais demandas que observo durante os cursos e palestras. É essencial que os líderes tenham a capacidade de dizer no que a equipe pode melhorar, como também a si mesmo”, afirma. Há uma pesquisa, segundo Silva, que indica que o reconhecimento está acima da recompensa financeira quando o assunto é motivação profissional. “Por isso, reconhecer as potencialidades do seu liderado é uma das principais características do líder alta performance”, disse.

Liderar a equipe através da gestão da singularidade também um ponto destacado pelo especialista. “O líder precisa ser um mestre em conhecer as pessoas, saber gerir a sua equipe através das individualidades. É necessário identificar as carências, salientar o que há de bom em cada profissional, além de entender qual a sua motivação pessoal. Gerenciar pessoas é fazer gestão de conflitos permanentemente”, esclarece ele.

Um bom líder ajuda para depois cobrar          

Antes de se tornar palestrante e consultor, Silva trabalhou na área de vendas por 15 anos. Sobre o período em que atuou como supervisor em uma multinacional, ele destaca um case, em que o papel do líder foi fundamental para o desempenho da equipe. Ele conta que foi promovido e destinado a gerenciar um grupo de dez vendedores que estavam em último lugar no ranking de vendas e com a possibilidade de demissão.

-Após um mês de trabalho, com um método que envolveu acompanhamento de campo, treinamento e recomposição da autoestima, o grupo conquistou o 4º lugar no departamento e todos permaneceram com o emprego. “O que fiz foi dar suporte e retorno constante aos liderados, entender quais eram as suas necessidades e gerenciar conforme as peculiaridades de cada um. Um bom líder precisa ajudar para depois cobrar”, enfatiza Silva.