FRASES DO DIA

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

TIPOS DE ADMINISTRAÇÃO: PATRIMONIAL, BUROCRÁTICA E GERENCIAL


Administrar significa direção, capacidade gerencial, buscar alternativas para aproveitar oportunidades e vencer desafios. Essa arte requer competências e atitudes para lidar com os mais diversos tipos de recursos (estratégicos, humanos, financeiros, materiais, naturais, tecnológicos,...), em boa parte deles escassos.


Administrar requer autoridade, liderança, trabalho, motivação, interação, positividade, transparência, entusiasmo, criatividade e outras qualidades afins. Um administrador para exercer a funão necessita planejar, organizar, ter objetivo e metas bem definidas, visando neste ponto os recursos que estão diponíveis


Em se tratando de administração patrimonial, concerne a estilos de governança mais autoritários e deterministas, na qual a figura de comando e liderança é centralizada. É, talvez, como se um indivíduo ou pequeno grupo definisse as metas, regras e ações do governo, sem consulta ao desejo público.

Na administração de postura burocrática, de estilo mais liberal e num Estado de Direito, o que se impõe, se sobressai são os princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, profissionalismo. Desta forma, a esfera pública não pode ser confundida com a privada, garantindo maior eficiência nos atos administrativos.



A administração no viés Gerencial tem maior adequação com as práticas socioculturais atuais, com pensamento mais evoluído e preocupado com os resultados. Dentre suas características mais visíveis está maior agilidade; flexibilidade na resolução dos problemas sociais e econômicos; qualificação da prestação de serviços; dinamização teórica; planejamento contínuo e contextualizado.